quinta-feira, 30 de maio de 2013

Os homens são uns preguiçosos.

Tive um dia de cão, cheia de trabalho, reuniões, andar para um lado e para o outro, prazos. Enfim... Nem parei para respirar. Ele chega a casa, estou no computador ainda a responder a emails e peço-lhe, com jeitinho: "não me queres preparar um lanche?". Sendo que eu, sempre que posso, lhe preparo o lanche, o jantar, a ceia ou que quer que seja que envolva comida.
- Lanche? Estás sempre com fome.
- Pronto, esquece. Eu faço.
- Oh pronto. O que queres? Diz lá...
Isto perguntado com ele enterrado no sofá, a jogar um jogo qualquer que não podia ser interrompido. Disse-lhe para esquecer. Detesto que me façam fretes.

Entretanto, saltei do computador, voei para os correios mais próximos para enviar uma carta que tinha que seguir hoje. Liguei-lhe de lá, porque o meu telemóvel não estava a aceder à internet e precisava duma morada. Atende.
- Morada? Aiii. É xxxx.
- Hmm... olha que essa morada era a anterior. Oh vê se não está aí a morada nova.
- Aiii. Que seca.
Que seca. Adivinhem o que fui interromper? O jogo qualquer no telemóvel. Sendo que a seguir quem vai arrumar tudo, tratar da roupa, da comida, etc? Moi. Moi même.

Os homens são uns preguiçosos. Preguiçosos. Preguiçosos. Preguiçosos. E desculpem lá as excepções que me estiverem a ler, por norma não gosto de generalizar. Mas são. Ok, QUASE todos.

17 comentários:

  1. Yup, são mesmo! Uma pessoa faz-lhes tudo e nem pia e quando é a vez deles darem uma mãozinha, é logo um escândalo :P

    ResponderEliminar
  2. Minha querida, é verdade e com a idade só pioram !!! bjs

    ResponderEliminar
  3. Sofia21:33

    Sem querer meter-me onde não sou chamada, acho o comportamento que descreveste bastante abusivo. Ele chega a casa e fica a jogar no sofá ou telemóvel enquanto tu arrumas, tratas da roupa e cozinhas? Qual é a desculpa para não partilharem as tarefas? Já para não falar que o mais pequeno favor que lhe peças lhe perturba imenso a vida!
    Digo isto porque seria incapaz de viver com alguém assim, mas é verdade que há casais que duram muitos anos nestas condições

    ResponderEliminar
  4. Pois são....e um bichinho bastante egoísta.....

    ResponderEliminar
  5. Muitas vezes não é preguiça. Muitas vezes estamos apenas a avaliar se é mesmo uma necessidade ou um capricho e por isso reagimos assim. Por mim falo que também sou acusado de preguiçoso, embora muitas vezes com razão.

    ResponderEliminar
  6. Se te serve de consolo, não és a única que sofre desse mal... Malditos jogos de pc ou tlm ou seja o q for...

    ResponderEliminar
  7. Só te tens a ti para culpar. Habituaste-o mal e agora queres que ele mude de repente?

    ResponderEliminar
  8. A culpa é das mães, os meninos não podiam fazer nada coitadinhos :)
    Agora, põe regras minha querida, senão ....:)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. O problema são os hábitos que trazem e a pouca vontade em mudar. Ou há muita firmeza por parte de quem se sente lesado ou então, tornam-se uns autênticos preguiçosos, comodistas e egoístas!

    http://www.lavarcabecas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Eu não me posso queixar muito do meu namorado uma vez que ele ainda me ajuda imenso mas há dias em que não faz mesmo nada! Tem fases :)

    ResponderEliminar
  11. Anónimo00:18

    Impõe-te agora! Daqui a uns tempos vais ficar saturada e depois não há volta a dar.

    Não és criada dele, mas pareces.

    ResponderEliminar
  12. Há dias em que é mesmo impossível aturar a preguiça deles. Haja paciência!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo13:55

    Não percebo como ainda se dizem coisas destas: "Ele não ajuda nada" ou "Ele ajuda-me muito". Na minha casa, dividem-se tarefas, vive-se a vida a dois. E não foi pela educação, porque a minha mãe chamava-me para fazer isto ou aquilo e o meu irmão na sua santa paz. A desculpa era a idade dele (2 anos mais novo). Pois eu não fazia nada enquanto que ele não viesse também. Sempre tive o sentido de justiça muito presente. Felizmente não tive que explicar isso ao meu namorado, mas também nunca estaria com alguém a quem o tivesse que o fazer ou que não o compreendesse em segundos.
    Anabela

    ResponderEliminar
  14. Às vezes tenho a sensação que vives com o meu marido. :D :D É preciso muita paciência e muito "jogo de cintura". Isso melhora.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  15. Este tipo de comentários a falar mal da pessoa que se tem em casa, para o público, a meu ver, não ajudará muito. Sobretudo se no dia seguinte, através das reacções dele, perceberes que, eventualmente exageraste.
    Falamos mal, mal, mal e quando alguém fica do nosso lado e os ataca, aí damos connosco a defendê-los.
    O ajudar e não ajudar só depende de nós mulheres, do nosso pulso e os defeitos do nosso companheiro, a meu ver, deveriam ficar dentro de casa ;)

    ResponderEliminar
  16. são preguiçosos por natureza e os jogos de pc, ipads e essas tretas, não ajudam nadinha :/

    ResponderEliminar
  17. Anónimo12:26

    Não sei se serão preguiçosos, tenho cá para mim que é mesmo uma falha a nível da massa cinzenta. A parte que distribui tarefas não funciona. Tudo o que estiver relacionado com arrumar, limpar ou organizar faz curto circuito...

    Teresa Maria

    ResponderEliminar