segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

O "doido" ensina a conquistar um homem

A propósito do Dia de São Valentim, que se aproxima a uma velocidade vertiginosa, lembrei-me de partilhar aqui alguns ensinamentos que me foram transmitidos por alguém que conheci há uns anos e com que tive, por motivos profissionais, de conviver durante uns meses. Esse alguém é referido aqui em casa como "o doido", por isso podem antecipar o tipo de conselhos que aí vêm.
Ora, o "doido" reclamava para si o título de perito em mulheres e relacionamentos, por isso era vê-lo partilhar gratuitamente, a propósito de tudo e de nada, dicas e verdades absolutas sobre como conquistar um homem ou sobre como manter uma relação apaixonada e feliz.

Conselho 1: "Oiçam bem. As mulheres têm que reivindicar tempo de qualidade aos seus namorados ou maridos. Mesmo que este trabalhe muitas horas, a mulher tem que ligar-lhe e dizer que está à espera dele em casa. Quando o homem chegar, ela já deve ter o jantar preparado e a casa num brinco. No entanto, a mulher só pode deixar o homem entrar em casa se este estiver a sorrir e feliz. A casa deve ser um sítio de amor, paz e alegria. A minha ex namorada [brasileira] fazia sempre isto - eu chegava a casa, ela abria a porta e olhava para mim. Se eu não estivesse a sorrir, ela dizia para ir dar uma volta e regressar só quando estivesse a sorrir. Às vezes obrigava-me a dar três voltas ao prédio. Quando entrava finalmente em casa, tratava de mim como se eu fosse um rei. Passei a entrar em casa sempre bem-disposto."
Lembro-me que, mais tarde, me confidenciou que essa mesma namorada o tinha depois traído e regressado para o Brasil com outro. E sei que isto é muito mau, mas quando ouvi isto só pensava: "pois, por isso é que te obrigava a dar voltas ao prédio antes de entrares em casa... ahah além disso, bem me parecia que ser miss pernambuco 2001 não é profissão."

Conselho 2: "As mulheres deviam pentear sempre o cabelo ao pé dos homens. É dos gestos mais sexy."
Quanto a este conselho, a título de curiosidade, posso dizer que "o doido" era careca. Talvez daí viesse este amor às escovas e aos pentes.

Bem, espero que, apesar do elevado grau de loucura deste perito em relacionamentos, estes conselhos tenham alguma ponta de verdade e vos possam ser úteis. Quanto mais não seja, podem sempre rir-se a ler isto e então este post já terá servido para alguma coisa. ;)

7 comentários:

  1. ahahah, essa da Miss Pernambuco está boa! Coitado do "doido" tanta volta ao prédio e depois é isto...

    ResponderEliminar
  2. Só poder entrar em casa feliz é muito bom!

    ResponderEliminar
  3. Primeiro objectivo conseguido, estou a sorrir...o que a uma segunda não é fácil:)

    jinho

    ResponderEliminar
  4. Homens, avisem sempre antes de chegar a casa. Evitam correrias à volta do prédio.
    Romântico à Forca

    ResponderEliminar
  5. Achei piada ao gesto dos cabelos.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  6. Hmmmm....eu pensava que era "doido" mas depois de ler isto, descobri que há pessoas piores...loooool

    ResponderEliminar
  7. se viveu feliz no tempo que andou com a zuca, não importa como acabou... a vida são momentos e cada um a aproveite como pode!

    ResponderEliminar